Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 30 de maio de 2010

35ª Receita: Bolo de Cenoura


Ingredientes
150g cenoura (uma cenoura média)
1/4 xícara (chá) óleo vegetal
2/3 xícara (chá) água
1 xícara (chá) cheia açúcar
1 e 1/2 xícara (chá) farinha de trigo
1 colher (sobremesa) fermento
1 colher (sobremesa) bicarbonato de sódio
1 pitada sal


Modo de Preparo
Raspe a cenoura e pique em rodelas. Coloque todos os ingredientes no liquidificador, exceto a farinha e fermento, e bata até misturar tudo. Em uma bacia, misture a farinha e o fermento, abra um furo no meio e despeje o conteúdo do liquidificador aos poucos, mexendo com um batedor de ovos manual até misturar tudo.
Coloque em fôrma com furo no meio e asse em forno pré aquecido a 220ºC por cerca de 40 minutos.
Deixe esfriar um pouco dentro do próprio forno e desenforme apenas quando estiver frio.



Dica
Cuidado para não colocar uma cenoura muito maior do que a receita indica, para que a quantidade de líquidos não exceda o máximo da receita.

Como a maioria dos bolos sem ovos, paciência é a chave: forno baixo, forma com um furo no meio para distribuir o calor e não mexer no bolo antes dele esfriar completamente.


Receita da Calda de Chocolate aqui.





obs.: Receita retirada do VegVida.

34ª Receita: Maçã do Amor


Ingredientes
8 ou 10 maçãs lavadas e secas
1kg de açúcar cristal
1/2 litro de água
2 colheres (sopa) de cremor de tártaro
1 colher (sopa) de corante comestível


Modo de Preparo
Em uma panela, misture o açúcar, a água, o cremor de tártaro e o corante comestível. Leve ao fogo, sem mexer, até o ponto de fio forte. Espete as maçãs em palitos de madeira. Banhe-as na calda e passe-as rapidamente emum recipiente com água bem gelada. Pronto! =)


Dica
Para não desmanchar o caramelo, elas podem ser colocadas em saquinhos transparentes e bem fechados. Outra opção é deixá-las no congelador até a hora de consumir.

32ª Receita: Calda de Chocolate; 33ª Receita: Tofu Mexido

1, 2 e 3 anos de namoro.
Como domingo é dia de acordar tarde, resolvi fazer um brunch = breakfest at lunch (café da manhã no almoço). Vi estes dias no Brasil Nut e fiquei morrendo de vontade.
Eu sei que fiquei um tempinho sem postar, postei uma vez em 3 dias, mas fiquei doente, não sentia gosto algum, cheiro algum o que me torna um inútil na cozinha. Como hoje estou comemorando 3 anos de relacionamento e ganhei uma máquina de waffles =), preparei tofu mexido com glutadelas, waffles com cobertura de chocolate, cupcake (minha namorada que preparou, a receita vocês conferem depois aqui), a banana e a maçã já vieram preparadas... rs. A receita de waffles é a mesma da panqueca. Hoje eu vou postar a maçã do amor que fiz sexta-feira, mas não tive tempo de escrever até hoje.
Bem, vamos as receitas.
Deve ter umas 5000 calorias neste almoço-café.



Tofu mexido com Glutadela
1/2 glutadela
250g de tofu esmigalhado
1 colher (sopa )açafrão
1/2 (sopa) sal
Azeite
Sal a agosto
Orégano a gosto


Modo de Preparo
Misture o tofu com o açafrão, o sal e o orégano. Corte a glutadela em cubinhos, frite no azeite até dourar. Adicione o tofu e frite mais um pouco.



Calda de chocolate (para o waffle, bolo ou o que quiser)
1 xícara de leite de soja
1 colher Csopa) de amido de milho
1 colher (sopa) de chocolate em pó
50g barra de chocolate meio-amargo


Modo de Preparo
Misture o amido e o chocolate em pó ao leite de soja, leve ao fogo baixo, misture e adicione o chocolate, mexe até derretar e prontinho.



Receita do Waffles aqui.
Maça e banana
1,14 no supermercado.






Bon Appetit!!!


Postado ao som de The Doors

sexta-feira, 28 de maio de 2010

31ª Receita: Cachorro Quente


Foi difícil lembrar de uma receita junina que fosse salgada, mas daí veio, como um estalo: "Cachorro-quente". Eu havia me esquecido que vende muito cachorro quente, churrasquinho... etc, em festas juninas. Hoje eu vou passar a receita de um cachorro-quente que é mole mole de se fazer. Vamos comer?


Ingredientes
5 salsichas vegetais cortadas em rodelas (como compro raramente, então sempre guardo para outras coisas, mas pode-se usar todas no preparo)
1 xícara de PTS (proteína de soja texturizada - da pequena)
1/2 maço de cebolinha
2 pacotes de molho de tomate
1 cebola picada
2 dentes de alho amassados
1 xícara de água
Salsinha, manjerona e orégano a gosto (opcional)
Curry (opcional. eu sempre coloco, mas é porque gosto muitíssimo de curry)
Shoyu (opcional)
Sal a gosto


Modo de preparo
Em uma panela, doure a cebola e o alho em fogo baixo. Adicione o molho de tomate com a água. Deixe ferver e adicione o resto dos ingredientes, menos a soja. Misture bem e adicione a soja e as salsichas, apague o fogo e deixe tampado por 10 minutos. Sirva com maionese vegetal, mostarda, batata palha... e o que você quiser. =)

Dica
Eu corto as salsichas e as frito no azeite para só depois acrescentá-las ao molho.



Bon Appetit!


Postado ao som de Misfits - American Psycho

quarta-feira, 26 de maio de 2010

30ª Receita: Doce de Batata Doce


Amanhã é sexta-feira e tenho dito. Os problemas começam a morrer amanhã e se vão no sábado, eu amo sextas, mais do que quartas ou quintas. Sexta-feira parece ser o dia de liberação dos "demônios", algumas pessoas acabam levando estes demônios para o final de semana o que é uma estupidez tamanha, não adianta... agora só segunda-feira. Aproveite o final de semana, para esquecer. Fique tranquilo, segunda os problemas voltam e você já pode seguir em seu sofrimento semanal. Então, salve os finais de semana e tomara que tenha eles sempre livres para fazer o que der na telha. Bem, vamos a receita de hoje.



Ingredientes do Doce de Batata Doce
2 xícaras de batata doce cozidas e espremidas
1 xícara de açúcar (refinado ou mascavo)
1/2 xícara de água
Cravo e canela a gosto


Modo de preparo
Em uma panela, coloque o açúcar e leve ao fogo até formar umas bolinhas (tipo uma farofa). Retire do fogo, adicione a água e a batata doce. Acrescente o cravo e a canela, leve ao fogo novamente, mexendo sempre até dissolver todo o caramelo e desgrudar do fundo da panela. Agora é só servir.
Eu queria modelar eles, mas não tenho nenhum bico para modelar, então quem quiser. Fica muito bonito modelado.


Anarriê e Bon Appetit!!!


Postado ao som de The Subways



Obs.: Aqui é a namorada do cozinheiro aí de cima. Conto ou não conto para ele que hoje é quarta e não quinta?
Tadiiinho =/, rs.

terça-feira, 25 de maio de 2010

29ª Receita: Amendoim Doce


Dormi cedo ontem, o que é inacreditavel. Achei que estava doente, mas era só falta de uma boa noite de sono (ou duas, três). Hoje vou durmir cedo de novo, umas 23h.

Foi um dia chato, o trabalho foi o que? chato. Eu queria montar uma barraquinha em um festival de rock que vai ter na minha cidade, divulgar o projeto e distribuir uma Feijoada, mas estou a um tempo tentando receber a resposta, não fui feliz em nenhuma delas, nem me inscrever na oficina do Alan Chaves eu consegui. Tem que ser com uma pessoa, mas esta pessoa eu não consigo encontrar. Enfim, estou perdendo a vontade das coisas a minha volta, as pessoas tomam demais e doam de menos. Hoje vou me encher de açúcar. Sei que William Dufty - autor do livro Sugar Blues, muito bom por sinal - me mataria agora (na verdade ele deixaria o açúcar me matar por conta própria). Resolvi fazer um amendoim doce, aproveitando que as festividades juninas estão logo aí. Estas duas próximas semanas eu vou tentar fazer várias receitas com Festa Junina como tema. Não é uma promessa.
Bem, vamos comer. Assim eu transformo todos os meus problemas em um só, o problema balança.
Vamos a receita.



Ingredientes do Amendoim Doce
2 1/2 de amendoim cru
2 xícaras de açúcar
1/2 xícara de achocolatado
1 xícara de água
1/2 colher (chá) fermento em pó


Modo de preparo
Em uma panela, misture todos os ingredientes. Leve ao fogo, mexendo sempre, até dissolver a água e grudar bem o açúcar no amendoim. Logo em seguida despeje em uma assadeira para que o amendoim fique soltinho. Agora coma e engorde...rs




Bon Appetit, uai-sô!!!




Postado ao som da Trilha sonora de Viagem a Darjeeling

segunda-feira, 24 de maio de 2010

28ª Receita: Panquecas com Cereja (Moby Pancakes)


Acho que estou ficando gripado, meu corpo doi, minha cabeça doi... tudo doi, o trabalho doi, até comer está doendo. Odeio ficar doente, é muito, muito chato.
Enfim, vimos o filme do Freddy sábado. Foi maravilhoso ver o Freddy de novo, com o mesmo sarcasmo, sadismo e tudo que um "vilão" deveria ter. Não gostamos muito da maquiagem (ficou muito boa na verdade), mas preferimos o Freddy clássico. Para quem gosta do Freddy e tinha saudades dele, vale muito a pena assistir o filme. Foi bom adiantar receitas e passar o final de semana por conta do namoro, discutimos, nos acertamos, fomos ao cinema, saímos e creio que aprendemos muita coisa com uma conversa de 30 minutos... rs;
Bem, hoje vou postar uma receita mega fácil e super apetitosa (ótima para quem tem crianças). Achei-a no site Chubby Vegan. Eu chamo de Moby Pancakes já que é ele que ensina essa maravilha.



Fiz a minha com cerejas e com a calda delas, mas pode-se usar melado, caramelo, calda de chocolate... o que desejar.
Bem, espero que ninguém esteja muito triste nesta terça, mas caso estejam, façam essa receita pela manhã e adocem o dia.
Vamos a receitita de hoje.


Ingredientes
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de farinha de trigo integral
3 colheres (sopa) de açúcar (pode-se usar o refinado ou o  mascavo)
3 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio (que pode ser substituído pelo fermento em pó)
1 colher (chá) de sal
2 xícaras (chá) de leite de soja sabor baunilha (eu não achei nenhum de baunilha, nem sei se tem por aqui na verdade, então adicionei algumas gostas de essência de baunilha)
3 colheres (sopa) de óleo
Calda de cereja (opcional)
12 cerejas cortadas ao meio (opcional)


Modo de Preparo
Misture todos os ingredientes secos, adicione o óleo e o leite e bata com uma batedor de massas manual. Quando misturar tudo, aqueça uma frigideira. Encha uma concha com a massa e coloque no meio da frigideira (ela se espalha por si própria). Espere formar bolhas, coloque algumas cerejas sobre a masssa e vire a panqueca (um jeito fácil é rodear a massa com a espátula, assim quando virar não vai correr o risco de agarrar nada). Deixe por mais um tempo e coloque-a em um prato. Depois é só ir aumentando a pilha de panquecas. Ao final despeje a calda de cereja e divirta-se. =)

"despeje a calda de cereja e divirta-se"




Well, well, Bon Appetit, uai!!!

sábado, 22 de maio de 2010

26ª Receita: Arroz com Coco; 27ª Receita: Beringela Italiana


Hoje vou colocar novamente duas receitas. Quero adiantar meu lado já que o final de semana da para namorar em paz.
Fiz uma combinação nada convencional. Sou muito suspeito para falar, mas eu gostei. O problema é que eu gosto muito, muito mesmo de comida, então eu adoro a combinação de comida com comida... rs.
É claro, façam a combinação se forem bastante corajosos, caso contrário, harmonizem com o que desejarem.

Hoje verei "A Hora do Pesadelo". Nem acredito que ressuscitaram Freddy Krueger. Espero que o filme seja decente, que eu sinta pelo menos um pouquinho do medo que sentia quando era criança.

Aproveitem o final de semana, solteiros vão a farra, casais vão se divertir e deixar os problemas e o trabalho para segunda-feira. Vamos as receitas.



Arroz com Coco
2 xícaras de arroz
1 xícara de coco ralado
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
1/2 maço de cebolinha
Sal e pimenta a gosto


Modo de Preparo
Refogue a cebola e o alho no azeite, adicione o coco e deixe fritar atpe dourar o coco. (caso faça com arroz comum, coloque-o para fritar junto com o coco), adicione o o arroz e agua suficiente para cozinha-lo. No final do cozimento adicione a cebolinha picada.


-


Beringela a Italiana
2 Beringelas pequenas
2 Tomates picados em cubos (com casca)
1 cebola picada
1 Dente de Alho amassado
1/2 maço Cebolinha
Tofu defumado (ralado grosso) a gosto
Pimenta Síria a gosto
Shoyu a gosto
Azeite a gosto
Sal a gosto


Modo de preparo
Cozinhe as beringelas na água com sal por 8 minutos. Retire a polpa e reserve. Doure a cebola e o alho em fogo médio, adicione a pimenta e o restante dos ingredientes, deixe fritar por 5 minutos e desligue o fogo. Regue as beringelas com azeite, sal e um pouco de pimenta. Recheie a beringela com a mistura e leve ao forno médio por 20 minutos.




Well, Bon Appetit!!!


Postado ao som de
"One, two, Freddy is coming for you.
Three, four, better lock your door.
Five, six, grab your crucifix.
Seven, eight, better stay up late.
Nine, ten, never sleep again."

quinta-feira, 20 de maio de 2010

24ª Receita: Repolho Assado; 25ª Receita: Arroz com ervas finas


Eu sou uma pessoa muito indecisa na vida. Hoje eu ia fazer berinjela assada (pensei ontem nisto), hoje de manhã eu ia fazer um risoto de figos, depois eu ia fazer chutney de manga. No final das contas resolvi fazer repolho assado. Fui ao supermercado, torcendo para ainda ter os ingredientes que precisava e, por sorte, tinha. Morar no interior é muito complicado, por vários motivos que vão desde falta de informação a falta de produtos especificos. Não é facíl achar avelã, macadâmia, pistache, tomate seco, tofu, entre outros. Procurei por fundos de alcachofra, quero rechear com tofu e nozes (ou castanhas... não sei), e ver se dá certo. Vamos a receita de hoje.



Ingredientes para o Repolho Assado
6 quartos médios de repolho
1 cenoura média
1/2 glutadela em cubinhos
1 alho poró cortado em rodelas finas
1 cebola picada
3/4 xícara de azeite
1 colher (chá) tomilho


Modo de Preparo
Corte e lave o repolho. Refogue a glutadela em uma frigideira com óleo. Coloque o repolho em uma assadeira e misture o azeite, o alho-poró, a cenoura, a glutadela, a cebola e o tomilho. Despeje sobre o repolho, cubra a assadeira com papel-alumínio e leve ao forno em fogo médio por cerca de 30 minutos.



Ingredientes para o Arroz com ervas finas
2 xícaras de arroz cozido
1 colher (sopa) de alho-poró picado
Manjerona desidratada a gosto
Salsinha desidratada a gosto
Manjericão desidratado a gosto
Cebolinha a gosto
Castanha de Caju triturada a gosto
Algumas gotas de limão
Sal e azeite a gosto


Modo de Preparo
Misture o arroz cozido com todos os ingredientes. Eu sei que está tudo muito "a gosto", mas vai do paladar de cada um. Como é uma receita muito fácil é moleza arrumar do jeito que você gosta. =)





Bon appetit!


Postado ao som de The Verve - Bitter Sweet Symphony

quarta-feira, 19 de maio de 2010

23ª Receita: Bobó de Cogumelo

Minha manhã foi ótima, fui ver minha namorada no trabalho e levei uma barra de chocolate. Primeira vez que vou visitá-la no trabalho, senti inveja e quero muito um trabalho daquele (ela trabalha na biblioteca da faculdade).
Minha tarde foi chata, é tanto para reclamar que ficar quieto é mais saudável.
Cheguei em casa e acabei pesquisando as receitas que tenho salvas aqui, achei essa receita que não lembro da onde tirei, se foi adaptada... enfim, não faço a mínima. Coloquei Moby para tocar, me empolguei, experimentei a receita (gostei, mas acho que posso fazer mais por ela... rs).
Fui tirar fotos, depois fui tirar mais fotos e resolvi esquentar o bobó novamente (não sei pq, já que não consigo fotografar a fumaça), mas acabei tendo de me focar em outro assunto, esqueci o danado do bobó no fogo e adivinha?
Queimou, é claro. Que m...! Não lembro quanto tempo faz que eu queimei algo. No final das contas to super irritado, tive que jogar metade fora e vou ter que fazer sacrificios para limpar a panela direito. Bem, quando você cozinha, coisas assim eventualmente irão acontecer. Escrever sobre já me relaxou um pouco. Lavar aquilo amanhã é que vai ser uma... chega. Vamos a receitita de hoje:


Ingredientes
400g de cogumelo shitake
2 xícaras (chá) de inhame cozido liquidificado com 1 1/2 xícara de leite de coco
Uma colher de sopa de açafrão
½ xícara de cebola picada
½ xícara de salsinha e cebolinha
Sal a gosto
1 pitada de noz moscada


Modo de preparo
Refogue os cogumelos picados no azeite com a cebola e o açafrão. Acrescente o inhame, a salsa e a cebolinha, o sal, a noz moscada e cozinhe mais um pouco até ficar um creme encorpado.


 Bon Appetit!!!




Postado ao som de Moby - Wait For Me


Ah, eu acabei falando do Moby né.
Eu vou fazer umas panquecas dele por estes dias. =)


Obs: Já ia me esquecendo: hoje eu tentei infinitamente escrever no blog de algumas pessoas, meu deus, é impossível! Dá erro, não carrega... enfim. Vou melhorar minha internet e botar em dia minha vida on-line.

Obrigado, muito obrigado a todo mundo que vem ver as receitas e que me manda algumas. Divirtam-se. =)

terça-feira, 18 de maio de 2010

22ª Receita: Bolinho de Aipim Recheado

"Até que tava gostoso, mas eu prefiro aipim", Mamonas Assassinas. =)
Estou escutando exaustivamente Mamonas Assassinas, relembrando minha infância feliz (claro, as partes chatas a gente deixa pra lá). Eu e meu amore viajamos no carnaval para Cabo Frio e Arraial do Cabo (confira a viagem aqui). Na viagem comemos bolinho de aipim em algum lugar, era um ótimo bolinho por sinal. Passou um tempo, ouvi Mamonas Assassinas e lembrei do tal do bolinho. Então resolvi fazer ele hoje. Nunca tinha feito nada de aipim. Adorei a receita e no final de semana devo usar aipim denovo em alguma coisa. Queria rechear com tofu defumado também, mas estou sem e não estou com disposição de gastar tanto em um pedacinho de tofu, então quem fizer a receita use o tofu e me avise como ficou. Bem, vamos engordar?


Ingredientes da Massa
1/2k de aipim
2 colheres (sopa) de creme vegetal
1 colher (chá) de sal
1/2 maço de cebolinha
10 folhas de salsinha
Farinha (até dar liga)
Glutadela frita em cubos


Recheio
Cozinhe o aipim até ficar bem macio (fure com uma faca, se passar por ele com facilidade é pq esta pronto). Escorra o aipim e coloque em uma vasilha, amasse-o com o auxílio de um garfo até virar uma massa. Adicione a salsinha, a cebolinha, o creme vegetal e o sal. Misture bem e adicione a farinha até dar liga (quando a massa grudar só um pouquinho nas mãos). Recheie com a glutadela e passe na farinha. Frite em óleo quente. Sirva em seguida.




Bon Appetit!!!



Postado ao de Mamonas Assassinas - Chopis Centis (de novo e de novo)

segunda-feira, 17 de maio de 2010

21ª Receita: Chocolate Quente

Ontem fiquei com preguiça, aproveitei minhas receitas adiantadas para não preparar nada. Além do mais, minha vida financeira está ficando complicada e só tenho apoio das lojas naturais sexta-feira, então as receitas vão girar em torno do que tenho em casa. Até sexta o supermercado vai ter que se contentar com outros dinheiros sem ser o meu. To meio preguiçoso mesmo, resolvi fazer o chocolate mais facíl de se preparar, mas é rápido e mato minha vontade logo de ficar embaixo da coberta, assistindo alguma coisa e me preparando mentalmente para o sufoco que vai ser no trabalho amanhã (a propósito, existem blogs de pessoas que gostam do trabalho? claro que os que trabalham na google não contam). Neste final do mês tem uma oficina de culinária com o Alan Chaves (do vegtour), creio que vou pedir milhões de receitas e truques, na cara dura mesmo.
Vamos a receita, curtir esta segunda-feira fria (o que é ótimo, chega de calor. por favor). Let's go to hot chocolate!



Ingredientes do Chocolate Quente
500ml de leite de soja (aveia... etc. fica a critério)
2 colheres (sopa) de cacau em pó
2 1/2 colher (sopa)de açúcar
1/2 colher (chá)amido de milho


Modo de preparo
Bata tudo no liquidificador e leve ao fogo, mexendo até esquentar. Sirva com canela em pau (eu usei em pó, pq não tinha em pau mesmo)



Curtam o frio e Bon Appetit!!!




Postado ao som de "Money que é good nóis num heavy" - Mamonas Assassinas
Não me levem a mal, rs.

domingo, 16 de maio de 2010

20ª Receita: Feijoada Vegan

Boa tarde para todo mundo!
Hoje eu estou muito feliz com o prato que cozinhei. Fazia tempo - e bota tempo nisso - que não fazia feijoada. A última vez foi quando eu e minha namorada fomos a São Paulo, comprar coisinhas, almoçar na pizzaria Lar Vegano e, é claro, caçar por glutadela e todo o material possível sobre vegetarianismo. A receita de hoje combina muito com frio, é muito saborosa e agrada de Vegans a Onívoros. Ouvi um comentário da minha irmã que "encheu meus ouvidos": forcei-a a comer uma colherada da Feijoada e ela disse "tá melhor do que a da mãe", há! Minha mãe cozinha pra burro! Sempre que tem aniversários de amigos da família ela é chamada para fazer bolos, assados e outras coisas (nada vegan, diga-se de passagem). Enfim, hoje é um dia realmente muito bom, apesar das caixas de som estarem pifadas (vou reiniciar o pc para ver se resolve), estou com minha namorada, curtindo o frio, comendo feijoada (e engordando). Como eu fiz essa receita ontem, a comida já rodou outros lares: meu sogro (carnívoro, meio chatinho as vezes) adorou e não deixou sobrar nada pra ninguém. Agora tenho duas receitas que ele baba: Bacalhoada Vegana e Feijoada. (ele também gostou muito das panquecas).
Gostaria de agradecer a Nutralim que me forneceu várias glutadelas para minhas receitas. Semana que vem vou usá-las em algumas pizzas e outros assados =)


Feijoada Vegana
250g de feijão preto
600g de batata lavada
150g de cenoura
5 dentes de alho amassados (com uma pitada de curry, cebola e sal)
10 folhas de louro
1 maço de cebolinha
1/2 maço de salsinha
5 salsichas vegetais
1/2 Glutadela
1 xícara de proteína texturizada de soja (grande)
200 gramas de tofu defumado
Shoyu
Cominho a gosto (usei 3/4 colher de sopa)
Azeite
Sal a gosto (usei 1 1/2 colher sopa)



Modo de Preparo
Deixe o feijão de molho na água por pelo menos duas horas. Cozinhe o feijão na panela de pressão (45 minutos foi o tempo que ficou pronto aqui). Cozinhe a cenoura cortada em rodelas e a batata cortada em cubos médios. Adicione um pouco de shoyu na soja (todas tem que ficar com um pouco de shoyu). Adicione a soja, a batata, a cenoura e o louro ao feijão. Em uma panela grande, doure a cebola no azeite e acrescente o alho e a glutadela. Quando estiver quase dourando a glutadela, adicione as salsichas e frite mais um pouco até dourá-las. Por último adicione o tofu cortado em cubinhos. Despeje todo o feijão na panela, acrescente o cominho e o sal. Deixe ferver e desligue o fogo. Acrescente a salsinha e a cebolinha, espere por mais uns 10 minutos para apurar o sabor e sirva.

Foto por Bruna Green


A todos um Bon Appetit!!!



Postado ao som de Mamonas Assassinas

sexta-feira, 14 de maio de 2010

19ª Receita: Croquete de Lentilhas

Hoje vou fazer uma receita do Leandrinho.
Não imaginava que iria demorar tanto (estou sem panela de pressão e cozinhar lentilhas sem ela é um sacrifício). Enfim consegui fazer a receita, gostei (comi um só. minha dieta não permite tanto croquete). Obrigado pela dica, quando tiver uma festa vou entupir crianças de lentilha. Hoje não vou falar do trabalho, eu até gostei de trabalhar hoje. Quando as pessoas me deixam em paz e eu fico arrumando as seções da loja do jeito que eu quero, é uma maravilha, as coisas ficam ótimas em vez de aquele monte de coisas entulhadas. Para quem não sabe, eu trabalho em uma loja de 1,99. Então meu produto "nacional" é totalmente chinês.
Vamos comer "crrooquettiii".


Ingredientes
250g de lentilha cozida
1 cebola bem picada
2 dentes de alho picados e amassados
1/2 colher (sopa) de sal
1/2 maço de cebolinha
4 ramos de salsinha
1/2 colher (sopa) de cominho
1/2 colher (chá) de Pimenta do Reino moída na hora
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de água
1/2 xícara de maizena
Farinha de Rosca


Modo de preparo
Cozinhe as lentinhas até ficarem moles. Bata-as no liquidificador (se não bater, adicione água e desligue de vez em quando para mexer com uma colher). Adicione os temperos (menos o alho e a cebola) no próprio liquidificador e bata novamente. Coloque um fio de azeite na panela e doure a cebola e o alho, adicione a lentilha e depois a farinha. Faça movimentos circulares na panela e mexa bastante para massa cozinhar (em 8 minutos fica pronto). Espere a massa esfriar um pouco e modele como preferir. Misture a água com a maizena, passe os croquetes nesta mistura e depois na farinha de rosca.
Frite em óleo quente.




Bon Appetit!!!



Postado ao som de Raul Seixas - O Rock do Diabo

quinta-feira, 13 de maio de 2010

18ª Receita: Bolinhho de Chuva

Meu patrão chegou. Nem preciso dizer que foi um dia não muito agradável. Sem boina, sem celular, sem ficar encostado, sem conversar, sem debochar... rs. Foi um tédio, p*** m****, achei que não ia terminar nunca. Ainda teve uma reunião no final, e o tema é?: nos matarmos mais e mais, assim ele ganha mais e nosso sálario ó.
Vamos falar de comida. Hoje resolvi fazer bolinho de chuva: é facil, rápido e ingerir quantidades altas de açucar diminui o stress por algum tempo (não faço a mínima ideia se isto é verdade). A-d-o-r-o bolinho de chuva com café, e é claro que eu molho eles no café para comer. E é claro que eu molho eles no café para comer igual aos pedreiros que viam na minha casa e minha vó oferecia bolinho de chuva, broa e café.



Bolinho de Chuva
2 xícaras de farinha de trigo
3/4 xícara de açúcar
1 colher (sopa) fermento em pó
1/2 xícara água (se não der o ponto da massa, coloque mais)


Modo de Preparo
Misture todos os ingredientes secos e acrescente água. Coloque a massa na colher e com o auxilio de outra colher coloque a massa direto na panela com óleo. O óleo não deve estar muito quente, e nem frio, claro. esse é o segredo).
Caso queira fazer bolinhos de chuva redondos - em formato de caracol -  adicione um pouco mais de farinha e molde. No final do preparo, passe os bolinhos em uma mistura de canela e açúcar a seu gosto.



Bem, obrigado a todo mundo que me segue no twitter, adiciona no orkut e de alguma maneira me dá esta vontade toda de sair do trabalho e parar na cozinha.
Obrigado, amore, por organizar o meu blog e meus erros de português todo santo dia.



Bon Appetit!!!


Postado ao som de AFI - Dvd ao vivo

quarta-feira, 12 de maio de 2010

17ª Receita: Bacalhoada Vegana

Amanhã é o grande dia. Ainda não se sabe quantas cabeças vão rolar... ou se todas irão rolar juntas. Meus patrões chegam, teremos que trabalhar igual a robôs: sem conversa, sem brincadeira, sem sair da seção, sem andar, não posso mais enrolar no lanche e nem no almoço... é inacreditável que vou realmente fazer 15 minutos de lanche na parte da manhã e 15 de tarde, não dá tempo nem de ir no banheiro. Enfim, dependendo como as coisas acontecerem estarei em breve buscando um novo emprego.

Bem, vamos falar sobre comida. Meu vício predileto (depois do meu amore, é claro). Hoje pensei em fazer croquete de lentilhas (a pedidos de @_Leandrito), depois resolvi fazer almondegas, daí mudei de idéia e parti para o bolinho de chuva, fui ao supermercado e mudei tudo isto e disse "Ah, vou fazer uma bacalhoada vegan". Lembro da primeira vez que fiz, faz muito, muito, muito tempo, mas lembro que o Pai da minha namorada - carnívoro, mega-mega carnívoro - adorou comer. Eu gosto desse prato, apesar de nunca ter sido fã de peixe, mas o gosto de alga fica bem levinho.
Então, vamos cozinhar.



Bacalhoada Vegana
500g de batatas cozidas (com casca e cortada em rodelas)
200g de cenoura (sem casca e cortada em rodelas)
1 cebola cortada em Rodelas
1 xícara de cogumelo shitake (usei o desidratado)
1/2 maço de Cebolinha
10 folhas de salsinha
4 dentes de alho picados
1 tomate cortado em rodelas ou picado (Sem casca e sem sementes)
3 colheres (sopa) de Wakame (Alga Marinha)
2 colheres (sopa) de shoyu
Sal a gosto
Azeite a gosto
Manjerona a gosto


Modo de Preparo
Hidrate a Alga e o Shitake separadamente com água quente. Utilize a água que foi usada na alga e no shitake para cozinhar as cenouras e as batatas (vc precisará acrescentar mais água para isto). Depois de cozidos, disponha-os em uma assadeira e acrescente cebolinha, tomate, salsinha, cebola e alga marinha e misture bem. Frite o shitake no azeite, depois doure o alho. Adicione-os na assadeira e misture denovo. Por último adicione azeite, shoyu, sal e manjerona. Misture tudo muito bem (com cuidado para não desmanchar as batatas). Asse em forno médio por 35 minutos, coberto com papel-alumínio. Sirva com o tipo de arroz que desejar.


Dica
Deixe tudo preparado antes. Corte as cebolas, pique a cebolinha... etc. Você ganha muito tempo fazendo isso e a receita anda bem mais rápido.  Na verdade demorei muito para começar a fazer isso, creio que todos já fazem (realmente não sei). Mas para os que esquecem - como eu -, fica o lembrete.




Para todos, Bon Appetit!!!





Postado ao som de Mamonas Assassinas

terça-feira, 11 de maio de 2010

16ª Receita: Escondidinho de Soja

Dia cansativo... chegou um monte de coisas na loja que trabalho e é claro todas as coisas foram para minha sessão, então carreguei milhões de caixas, etiquetei outros milhões de caixas e amanhã vou descobrir que me passaram todos os preços errados e vou gastar minhas unhas, minha paciência e minha juventude tirando preços e etiquetando tudo novamente. Meu trabalho continua sendo a mesmice de sempre, final de semana os patrões chegam, vai ser um saco sem fim. Mas, tenho boas noticias: devo conseguir dois patrocinadores para o blogger, o que significa que vou economizar boa parte do meu rico dinheirinho suado. Serão duas lojas de produtos naturais que vão me servir de muita coisa. Amanhã já é quarta, vão faltar dois dias para sexta e depois um dia para o sábado, não é uma maravilha?
Bem, vamos comer e esquecer dos problemas.

Eis, a estrela da noite:


Ingredientes da Massa
1kg de batatas cozidas
1 lata de ervilha
1/2 xícara de Leite de Coco
1/3 xícara de óleo
1/2 colher (chá)de curry
1 colher (chá) de sal
Azeite


Ingredientes do Molho de Soja
1 pacote de molho de tomate
6 folhas de alecrim fresco
2 palmitos médios picados
6 fatias finas de alho-poró
1/2 xícara de cebolinha
10 folhas de salsinha
1 colher (chá) sal
1 1/2 de proteína texturizada de soja (pequena)
5 azeitonas verdes picadas
Shoyu a gosto
Água se necessário (caso fique muito seco)


Modo de preparo da Massa
Cozinhe as batatas e quando estiverem moles acrescente a ervilha no cozimento por mais 3 minutos. Coloque em um escorredor e depois esprema (com um espremedor de batatas) as ervilhas e as batatas juntas. Coloque em uma vasilha e acrescente o curry, o sal e misture bem. Acrescente o leite de coco, o óleo e misture. Reserve.


Modo de preparo do Molho
Frite o alho-poró no azeite em fogo baixo. Acrescente a salsinha, cebolinha, palmito, alecrim, azeitonas, sal e misture. Acrescente o molho e deixe ferver. Depois coloque soja e o shoyu (uma colher de sopa) e misture. Apague o fogo e deixe por 5 minutos com a panela tampada.


Montagem
Em uma assadeira pequena coloque metade da massa. Por cima coloque o molho de soja, cubra com a outra metade da massa e regue com azeite. Asse no forno por 30 minutos a 180° ou até dourar.


Obs: Provavelmente irá sobrar boa parte do molho. Você pode come-lo com pão de sal, usar como molho de macarrão... etc. Caso só tiver molho de tomate e soja, também da para fazer, é só ferver o molho com um pouco de água, acrescentar sal e colocar a soja. No caso, eu tinha tudo isto guardado na geladeira e resolvi usar.



Espero que gostem, e claro, Bon Appetit!!!



 
Postado ao de The Adicts - Viva La Revolution

segunda-feira, 10 de maio de 2010

15ª Receita: Fake de Pão de Queijo

Creio que esta é a receita mais fácil de Pão de Queijo. Tenho mais 3 outras receitas, mas essa foi a primeira receita de pão de queijo que aprendi e gosto bastante dela.

Hoje eu descobri que os donos da loja que eu trabalho vão vir administrá-la de novo, eles não estão ficando ricos o suficiente, segundo a concepção deles é claro. Então, significa que meu trabalho vai ficar mais chato (difícil de acreditar), continuando sem grandes emoções, nenhuma motivação e claro sem desafios. Cabeças irão rolar e eu espero que a minha esteja no meio.

Vamos ao fake de pão de queijo então?!


Fake de Pão de Queijo
400g de batata cozida
400g de polvilho doce
100g de polvilho azedo
1 xícara de água quente
1 xícara de óleo fervendo
Sal a gosto
Açafrão (opcional, caso queira deixar ele amarelinho)


Modo de preparo
Cozinhe a batata, amasse e misture com o polvilho doce, o polvilho azedo e o sal. Misture bem. Acrescente o óleo e por último a água. Faça pequenas bolinhas e misture com manjerona, orégano ou curry (ou outros que lhe der na telha). Fiz de manjerona e curry e recheei alguns com goiabada (Pão de Queijo Julieta =P) assar em forno médio (180º) por cerca de 25 minutos.




Espero que gostem e Bon appetit!!



Postado ao som de Roger Waters - The Dark Side Of The Moon Live In Chile



*Adicionado em 11 de maio:
Adicionei 
1 1/2 (chá) de fermento na massa e gostei do resultado, se quiserem testar, fica a dica.

domingo, 9 de maio de 2010

14ª Receita: Salada Verde

Eu ia fazer sushi, mas tenho coisas acumuladas na geladeira por causa das receitas e agora quero aproveitá-las, senão daqui a pouco estraga e eu perco tudo. Então resolvi fazer uma salada. Eu particularmente gostei bastante. Fiz um molho de limão, hortelã, salsinha, alho triturado, água e manjericão para acompanhar. Coloquei pães de forma torrados com azeite.
Amanhã é segunda-feira, tenho que lembrar de ver CQC. Não vi nenhum este ano. Na verdade depois que comprei um computador eu não assisti mais televisão. Espero que a semana passe rápido o bastante.



Salada Verde
1/2 Maço de alface crespa
2 palmitos médios picados
3 tomates secos (com um pouco do óleo)
5 azeitonas recheadas (eu recheei com pimentão vermelho)
1/4 de pimentão verde picado
1/2 cenoura ralada (grossa)
6 fatias finas de alho-poró
4 folhas de manjericão (picadas)
4 folhas de hortelã (picadas)
3 fatias de pão forma (tipo croutons)
Azeite, limão e sal a gosto.


Modo de Preparo
Lave o alface e corte-os (com as mãos mesmo), coloque-os em uma saladeira, adicione todos os ingredientes exceto o pão de forma e tempere. Para fazer os croutons eu coloquei os pães na torradeira e depois fritei eles por um tempo no azeite. Eu prefiro adicionar os pães na hora de servir a salada.




Espero que gostem e Bon Appetit!!!



Postado ao som de Juliette and The Licks - You're Speaking My Language

sábado, 8 de maio de 2010

11ª Receita: Hamburguer de Soja; 12ª Receita: Molho Expresso; 13ª Receita: Hamburguer de Arroz

Hoje eu fiz muitaaaa comida. Minha namorada queria comer panqueca, então além de tudo isto que eu fiz na cozinha eu ainda experimentei uma receita nova de panqueca (nova pra mim, claro), ensinada pelo Moby. Comi muito, minha dieta ta ficando cada vez mais complicada =/. Enfim chegou final de semana, pensei que nunca ia chegar (trabalhar no comércio é um saco sem fim).
Agora posso ficar com minha namorada e não engordar mais sozinho. E o melhor, sem preocupação em organizar o blog e tirar fotos. Férias pra mim, trabalho para ela.
Bem é isto, aproveitem.


Hamburguer de Arroz
3 xícaras de arroz cozido
2 palmitos médios picados
12 folhas de salsinha
1/2 maço de cebolinha
1/2 xícara de cenoura picada em cubos
1/2 xícara de pimentão vermelho (verde, amarelo, faça sua escolha)
1 colher de chá de sal
Azeite a gosto


Modo de Preparo
Cozinhe por 12 minutos o pimentão e a cenoura. Misture todos os ingredientes e molde os hamburgueres. Unte uma forma e leve para assar em forno pré-aquecido por 15 minutos a 180°. Uma boa opção para servir com maionese Vegetal e Hamburguer de Soja.
Obs: caso o hamburguer desmanche é só montar denovo. =)



Hamburguer de Soja Rápido
1 1/2 de proteina texturizada de soja
2 colheres (sopa) de shoyu
1/2 cenoura ralada
1 dente de alho
1/2 xícara de farinha (se a liga não fica boa, acrescentar mais um pouco)
Sal a gosto


Modo de Preparo
Hidrate a soja em água quente. Rale a cenoura e pique o dente de alho. Em um escorredor, aperte bem a soja para retirar toda a água possível. Junte todos os ingredientes em um recipiente e aperte bem (assim a soja pega o gosto dos temperos). Volte ao escorredor e retire todo o líquido possivel. Volte ao recipiente e jogue a farinha. Agora é só misturar e moldar os hamburguers. Em uma frigideira, com óleo ambundante, frite em fogo baixo.

Dica
Para moldar os hamburgueres, eu coloco um pouco de farinha em um prato e uso um molde (uma tampa de algum produto, que tem o tamanho quase exato de um hamburguer), unto ele com óleo, moldo mais o menos o hamburguer nas mãos e coloco no prato, pressiono com o molde e pronto. =)




Molho Expresso de Tomate com Shitake
3/4 xícara de molho de tomate
8 pedaços picados de Shitake
4 fatias finas de Alho Poró
3 folhas de Manjericão
2 colheres (sopa) Azeite
1/4 água


Modo de Preparo
Em uma frigideira (fogo baixo) coloque o azeite, acrescente shitake e o alho poró. Deixe por alguns instantes. Adicione o molho de tomate e deixe secar um pouco. Coloque a água e o manjericão. Desligue o fogo.
 Foto tirada por minha namorada fofissíma


E para todos, um ótimo final de semana e  Bon Apettit!!!!!!



Postado ao som de Chico Buarque - Volume 1

sexta-feira, 7 de maio de 2010

10ª Receita: Tabule com Crispies de Cenoura

Booooaaa noite, hoje escolhi uma receita bem fácil, bem, na verdade acho que todas são fáceis até agora.
As semanas que precedem alguma data são uma tortura para quem trabalha no comércio, não ganho o suficiente, vou trabalhar mais ainda no final de semana evou continuar não ganhando o suficiente. Hoje não tem ajuda de postagem, nem edição de fotos. Agora vê se aprende a não magoar a namorada.
Bem, vamos a receita que é o melhor que eu faço.

Receita do Tabule
1/2 xícara de trigo para quibe
6 tomates grandes cortados em cubinhos (sem casca e sem sementes)
3 pepinos japoneses cortados em cubinhos (sem casca e sem sementes)
1 maço de salsinha
1 maço de cebolinha
1 maço de hortelã
1 maço de cebolinha
Azeite, limão e sal a gosto
Cenoura

Modo de preparo
Lave o trigo e escorra na peneira. Com as mãos, aperte bem para retirar toda água. Aguarde que o trigo cresça por aproximadamente 1 hora. Enquanto isto, pique os tomates, pepinos, salsa, hortelã e a cebolinha, misture tudo. Acrescente o trigo, o sal, o azeite e o limão.

Crispies de Cenoura
Corte a cenoura em fios e frite em óleo abundante até dourar. Aguarde esfriar e coloque sobre o tabule.




Nesta receita eu adicionei umas folhas de manjericão e um pimentão (queria um vermelho, mas não tinha), você pode acrescentar o que quiser, solte a imaginação.

Espero que gostem e Bon Appetit!!!


Postado ao som de String Quartet tribute Pearl Jam

quinta-feira, 6 de maio de 2010

8ª Receita: Taco; 9ª Receita: Homus

Cansaço, já estamos nos 364° dia? Creio que não né, ainda falta muitoooo tempo.
Bem, hoje eu acordei com algumas idéias do que fazer, mas como sempre eu abandonei todas elas e fiz algo totalmente diferente (a propósito, dicas de pratos são muito bem vindas, obrigado). A receita de hoje não é dificil, só um pouco chatinha, pq vc tem q ficar de braços cruzados esperando. Nesta semana meus dias estão muito curtos, meu trabalho muito chato, mas a culinária tem me salvado. 3 coisas me sustentam, o projeto vegan, minha namorada e minhas sonhadas férias de janeiro. Meu chuveiro quebrou, hoje a noite tem banho frio.



Receita do Homus

Ingredientes
250g de grão de bico
suco de 2 limões médios
1 colher de sopa (rasa) de sal
3 a 4 dentes de alho socados
3 colheres de sopa (rasas) de tahine
1 molho de hortelã bem picadinha
1 fatia fina de cebola
10 folhas de salsinha picadas
raspas de limão para decorar


Modo de Preparo
Deixe o grão de bico de molho de um dia para outro. Depois, cozinhe-o deixando cerca de 30 minutos em água fervente. Escorra a água, reservando uma xícara desta água. Esfregue os grãos, uns contra os outros, removendo o máximo possível das cascas. Use um liquidificadpor e bata os grãos, o limão, o alho e parte da água do cozimento. Se ficar muito denso, acrescente mais água do cozimento ou água fria comum. Volte a processar até que a massa adquira a consistência de um purê (sem partículas sólidas). Acrescente o sal e o Tahine e processe novamente. Passe para o recipiente que vai servir (sirva frio) acrescente salsinha bem picada, regue com azeite, e sirva com pão árabe.



Receita do Taco
(é para tacos mexicanos mesmo. eu fiz por que não tinha pão árabe para acompanhar)

Ingredientes
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
4 colheres (sopa) de gordura vegetal
180ml de água morna

Modo de Preparo
Peneire a farinha com o sal. Misture a gordura vegetal com a água. Misture tudo e sove-a em uma superficie plana até ficar lisa e elástica. Cubra e deixe descansar por uma hora. Em seguida divida-a em 12 partes e abra círculos de até 20cm de diâmetro. Aqueça uma frigideira em fogo médio e coloque um circulo de massa por vez. Em quanto ela estiver na frigideira pressione de vez em quando com uma espátula.
Obs: Frite os dois lados.



Espero que gostem e Bon Appetit!!!


Postado ao som de The String Quartet - Tribute to AFI

quarta-feira, 5 de maio de 2010

7ª Receita: Tortinha de Palmito

, Boaaaaa noite! Confesso que nunca tinha feito essa receita. Antigamente eu tinha muito medo disso (o que é muito bom, por que você acaba não se ferrando em fazer um evento e chegar na hora querer inventar uma receita nova, fazendo umas 20 pessoas experimentarem junto com você). Já quero refazer essa receita final de semana, assim engordo junto com minha namorada -, isto mesmo! nada de ficar engordando sozinho!


Vamos as Tortinhas.


Ingredientes da Massa Podre
2 xícaras de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de creme vegetal
4 colheres (sopa) de gordura vegetal

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes com as mãos até formar uma massa. Forre as forminhas, alise e reserve.


Ingredientes do recheio
1 colher (sopa) de creme vegetal
1 cebola pequena picada
1 tomate médio picado (sem pele e sem sementes)
4 palmitos médios picados
3/4 xícara de agua fervendo
1/2 colher (chá) de sal
1/2 xícara de maionese vegetal
1/2 xícara de amido

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça o creme vegetal em fogo médio e refogue a cebola (até dourar). Junte o tomate e o palmito e refogue por 4 minutos. Junte a água e o sal e cozinhe por 5 minutos. Bata tudo no liquidificador até ficar cremoso. Volte a panela e misture com a maionese, coloque o amido e misture.


Montando as tortinhas
Agora é só colocar o creme de palmito nas tortinhas. Eu coloquei algumas rodelas de cebola, mas você pode optar por cebolinha, salsa... ou o que desejar. Leve para assar por 40 minutos a 210°. Rende 6 tortinhas.









Espero que gostem e Bon Appetit!!!



Postado ao som de The Clash - London Calling (1979)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails